Procura por cavalos de pelagem manchada cresce ano a ano

Procura por cavalos de pelagem manchada cresce ano a ano

Exposição Mancha Crioula promovida pela Trajano Silva Remates e que ocorrerá em fevereiro, tem ajudado no aumento na demanda por estes animais

Por Acontece Mais 15/01/2022 - Atualizado em 15/01/2022

O mercado para os cavalos de pelagem manchada da raça Crioula está em alta. A cada ano as manadas vêm aumentando, o que demonstra a grande procura por esses exemplares. Além do Rio Grande do Sul, muitos criadores de outras regiões do Brasil têm investido nos cavalos Crioulos de pelagem tobiana, oveira e bragada.

O leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, ressalta a importância do Mancha Crioula para o crescimento do mercado desses animais. A exposição, que vem sendo realizada desde 2012, iniciou, conforme Silva, com 25 animais, e na sua última edição, antes da pandemia de Covid-19, contou com 120 exemplares.

Após um ano de pausa, o Mancha Crioula já tem data confirmada para 2022. A 10ª edição da exposição será realizada de 10 a 12 de fevereiro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). “A nossa expectativa é contar com um número expressivo de animais”, observa Silva.

Com relação ao leilão, que está em sua 19ª edição, o diretor da Trajano Silva Remates afirma que a perspectiva também é muito boa com a oferta de 35 lotes. “Já estão inscritas quatro éguas finalistas de Morfologia em Esteio”, destaca. O leilão ocorrerá na sexta-feira, dia 11 fevereiro, com transmissão pela TrajanoWeb.  As inscrições estão abertas. Informações podem ser obtidas no site da Trajano Silva Remates no endereço www.trajanosilva.com.br.

Logo Footer

Assine a Revista Acontece Mais e tenha informações atualizadas sobre pessoas e instituições de destaque na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, conteúdos de qualidade, agregando conhecimentos em diversas áreas.