ACONTECE ENTREVISTA: RAUL ANTÔNIO FAGUNDES VALLS

ACONTECE ENTREVISTA: RAUL ANTÔNIO FAGUNDES VALLS

A Acontece Mais realiza uma entrevista especial com o médico Raul Antônio Valls, Uruguaianense e trotamundos. Acompanhe!

Por acontecemais 25/10/2020 - Atualizado em 25/10/2020

Mesmo em meio à uma pandemia, olhar nos olhos ao entrevistar é uma prática jornalística que não consegui abandonar. Existe uma diferença imensa entre criar conexões com o seu entrevistado além do mundo virtual. Pessoalmente, um bom jornalista consegue captar a essência de forma diferenciada. E para minha surpresa, além de uma agradável sintonia, me deparei com um coração generoso, benevolente, comprometido e com grandes propósitos inspiradores. Mais do que isso, me arrisco a dizer que nessa jornada, fiz um novo amigo. 

Na minha segunda entrevista desse quadro tive a oportunidade de conhecer um ser humano ímpar: Raul Antônio Fagundes Valls. O que era para ser uma matéria de uma semana, virou uma grande  viagem. Demorei quase dois meses para concluir esse trabalho, porque quando me dei conta, estava terminando de ler o terceiro livro com os relatos fantásticos que ele, o “Raulzinho”, tinha para contar. 

Um homem comunicativo, inteligente e com uma experiência de tirar o fôlego. Me recebeu com os olhos atentos, um semblante sério, respeitando o distanciamento social permitido, mas ainda assim, extremamente solícito e afável ao contar sobre suas trajetórias e aventuras. Nessa matéria descobri um ser humano sonhador, com  coração nobre e histórias sem igual. 

A Infância

Natural de Uruguaiana, Raul Antônio Valls teve três pilares fundamentais em sua construção de valores: a família, a educação e os esportes. Ao ser questionado sobre a sua infância, conta que sua grande paixão pelas viagens começou por volta dos dez a doze anos de idade, ao ser presenteado pelo seu pai com a coleção de livros: “Um mundo Pitoresco”. Doze volumes que traziam uma série de destinos impressionantes que Raul jamais imaginou que viria a conhecer pessoalmente. 

Seu pai era médico pediatra (profissão essa que Raul também viria a incorporar no futuro) e foi um dos fundadores do Rotary Clube em Uruguaiana. Além disso, se dedicava bastante às atividades voluntárias, dentre elas, as aulas de história que lecionava no colégio Marista Sant’Ana. “Meu pai era um cara muito intelectual, uma pessoa estudiosa, que lia muito. Professor de história antiga, chegava em casa sempre falando dos impérios, de Alexandre Magno e eu me empolgava”, relata orgulhoso.

Sua grande paixão: o Tênis

Desde a adolescência, o tênis se caracterizou como o alvo do seu fascínio. Um esporte que o acompanharia durante todos os próximos anos e traria grandes conquistas e experiências maravilhosas. O Tênis foi o impulsor e divisor de águas na vida de Raul. E ele relata que com o tempo, passou a se dedicar mais ao hobbie do que à sua atividade como médico: “Sempre vivi da medicina, mas era uma paixão tão grande que eu tinha pelo esporte, que a profissão acabou ficando em  segundo plano”.

Com tenista Indiano

E foi o tênis que o levou a conhecer diversos lugares do mundo, conviver com tenistas importantes e a fazer ótimos amigos. Na cidade, Raul foi presidente do Tênis Clube Rio Branco, idealizando e organizando eventos profissionais de tênis internacional (Três Fronteiras Open) e Infanto-Juvenis (Copa Mercorsul). Em seu site www.discovering.com.br, Raul conta toda sua trajetória detalhadamente e revela que o tênis o ajudou a realizar o sonho de ter um amigo em cada canto da terra. 

Em Roland Garros, Paris, 2002.

A Medicina

O gosto de Raul por viagens realmente não é em vão. Isso porque além do interesse estimulado pela leitura, sua graduação foi feita fora do Brasil. Raul se formou em medicina na província de Córdoba, na Argentina. Um lugar especial onde firmou os laços do matrimônio com sua querida companheira e esposa Silvia. Da união nasceram Maria del Pilar e Martin Lucas. Silvia e sua família são naturais da província de Santa Fé, na Argentina e isso, foi o que permitiu à Raul ter convívio com a cultura do país e conhecer a fundo seus hábitos e costumes.

Ele conta que a família de sua esposa teve grande participação em seu desenvolvimento, incluindo aqui também, é claro, no tênis. Com orgulho e carinho, menciona sua cunhada Raquel Giscafré, tenista número um da Argentina de 1973 a 1976. Para ele, a experiência de viver na Argentina foi repleta de aprendizados, o que lhe fez admirar seu povo pela coragem e ousadia. “Ter contato com essa outra cultura, que é a castelhana, foi incrível. O argentino sempre foi mais aventureiro que o brasileiro, viajando o mundo todo, e isso sempre me encantou” conclui. 

Silvia e Raul no Glacial Perito Moreno, na Patagônia Argentina, em 2007

A primeira grande viagem

A viagem que marcaria sua vida, veio em 1970, aos vinte e oito anos: sua lua de mel com Silvia. Raul conta que guardou dinheiro para construir uma casa para viverem, mas com aquele entusiasmo da juventude, o casal decidiu investir tudo em uma viagem de sessenta dias pela Europa. A lembrança desses dias lhe trazem ótimas memórias e aprendizado. Se existe uma definição para essa viagem, ele diria que foi a diversão daquelas situações que viveram juntos: “eu gosto muito de fazer brincadeira com as coisas que me acontecem”, fala nostálgico.  

Naqueles dias, o casal passou por Acapulco, recorreram as Americas e Ilhas do Caribe. Em seguida partiram para a Europa e passearam pelos países nórdicos e Leste Europeu. Entretanto, Raul afirma que foi em Londres e em Paris onde desfrutou dos melhores momentos, não somente pelo charme desses países, como pela atração dos inesquecíveis torneios de Wimbledon e Roland Garros. 

Naquela altura, já estava como ele mesmo diz: “infectado pelo mapa mundi”. Viajar se transformou sua grande prioridade (junto ao tênis, é claro). Para o médico, não existe nada melhor do que se permitir conhecer as diversidades do mundo.  As amizades e pessoas que conheceu durante esse percurso, foram o que lhe permitiu viver intensamente cada experiência.  

O casal na casa de Raquel Giscafre, La Jolla, Califórnia.

Os projetos

Esses pilares que sempre o acompanharam também trouxeram outro grande hobby: a fotografia. Foi a partir de suas viagens que o gosto por imagens surgiu. Em 2010, Raulzinho em contato com um casal de amigos, uma jornalista e um fotógrafo, decidiu realizar uma exposição aqui em Uruguaiana. Com a presença de muitos admiradores dessa arte que é a fotografia, foram exibidas imagens especiais de suas viagens.

Indo além desse evento, ele mantém um acervo online com as fotos mais interessantes tiradas por ele. Em seu site, disponibiliza diversos retratos em que o foco são os olhares e semblantes de crianças da Índia e da África, por exemplo. O viajante admite que apesar de não ser “graduado” na área de fotografia, sua sensibilidade lhe possibilita registros inesquecíveis e de qualidade, pois em tudo que faz, preza por boas escolhas e uma estética que seja impecável. 

Nesse contexto geral, relata um dos seus principais projetos que surgiu em uma viagem que lhe permitiu criar uma conexão especial com a África. Por lá, realiza até hoje vários trabalhos comunitários. O médico inaugurou duas creches localizadas em Lenkisem, no Quênia, com a ajuda do Rotary Internacional e da comunidade Uruguaianense e idealizou o Projeto “De Mãos Dadas com a África”, que proporciona ajuda humanitária às comunidades Maasai do Quênia e África Oriental, esse projeto, foi feito em parceria com o argentino Justo Casal.

Visita ao orfanato Ndugu Mdogo Kibera- casa, no idioma suaile – para filhos de aidéticos em Kibera, maior favela de mundo, em Nairobi, Quênia. Distribuição de material escolar – Livraria Decimal – e material esportivo – Interagir.

Mesmo durante a quarentena, apesar de todas as limitações,  Raul faz questão de manter seus projetos e boas ações em andamento. Recentemente ao atender uma criança em seu consultório, percebeu que se tratava de uma menina dedicada e interessada pelos estudos. Ao questionar a garota sobre o gosto pela leitura, ele presenteou a paciente com um de seus livros. E complementando o presente, também proporcionou a menina uma bolsa de estudos de inglês. “Isso me realizou”, afirma sobre seu gesto. Para ele não há nada mais prazeroso do que ajudar uma criança, principalmente se for através do esporte ou da leitura. 

Inauguração da creche no Quênia

Os projetos com a finalidade de inclusão social através do esporte e da Educação Básica para crianças carentes são admiráveis. Você pode acompanhá-los e descobrir mais a respeito clicando aqui

“Sempre que pude ajudar alguém, minha vida foi mudada completamente”

RAUL ANTÔNIO VALLS

O Trotamundos

Assim como muitos de nós durante a pandemia, Raul decidiu apostar no uso da internet para compartilhar boas conversas com quem lhe acompanha. Através de lives nas redes sociais, ele se reuniu com pessoas que foram importantes em sua trajetória pessoal e profissional, como aqueles que teve contato quando iniciou no tênis e que até mesmo abriram portas para sua família no esporte. “Acho importante reunir esses momentos de afeto e carinho com essas pessoas que foram importantes na minha trajetória”, destaca. Você também pode acompanhar suas postagens e grandes aventuras no instagram.

Com a imensa gratidão de ter me aproximado desse ser humano ímpar, finalizo mais uma matéria desse quadro especial. Nesse lindo caminho encontrei diversas histórias, elogios e comentários positivos a respeito dele que, na minha opinião, é uma das figuras com as melhores histórias de vida em nossa cidade. Aproveito para agradecer também pelo presente especial.  Recebi um livro extraordinário que, atualmente, ocupa um espaço especial em meu acervo particular. Todo meu muito carinho e admiração à ti, Raul. Posso dizer que me sinto honrada de ter tido essa oportunidade. 

Se você gostou dessa matéria, pode acompanhar a anterior clicando aqui. Me despeço novamente, com a sensação de dever cumprido e alegre por saber que meu trabalho aproxima essas histórias magníficas dos nossos queridos leitores. 

por Camilla Compagnoni   
Fotos: Arquivo Pessoal

Logo Footer

Assine a Revista Acontece Mais e tenha informações atualizadas sobre pessoas e instituições de destaque na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, conteúdos de qualidade, agregando conhecimentos em diversas áreas.